Ordinary Bitter

Ordinary Bitter - Monstro Cerveja Artesanal
Ordinary Bitter – Monstro Cerveja Artesanal

Depois de ter feito com sucesso algumas cervejas artesanais mais complexas (IPA e Dry Stout por exemplo) pensei, “por que não tentar fazer algo mais simples e também agradável?”, foi então que decidi mudar as coisas e partir para um dos mais simples estilos de cerveja da Inglaterra, o Ordinary Bitter, também conhecido como Standard Bitter. Segundo a Larousse da Cerveja a Standard / Ordinary Bitter é uma cerveja leve com um frutado suave, sua cor varia entre o amarelo claro e o cobre e seus melhores exemplos apresentam aroma de malte caramelado.

Essa é a mais leve das três cervejas que compõem o estilo English Pale Ale, mais conhecido na Inglaterra por Bitter, os outros sub-estilos são Special/Best/Premium Bitter e Extra Special/Strong Bitter (English Pale Ale). Originalmente as bitters eram servidas direto do barril (madeira) a temperatura ambiente com pouca ou nenhuma pressão utilizando a gravidade ou pressão manual. Criadas como uma alternativa as populares Pale Ale feitas no interior do país, as Bitters tornaram-se bastante populares e se espalharam pela terra da rainha depois dos mestres cervejeiros aprenderem a manipular as características da água e a deixa-la como a água de Burton, cidade do leste de Staffordshire, famosa pela produção de cervejas com o lúpulo mais evidente devido ao alto índice de sulfatos na água local.

Eu ainda não manipulo as características da água que uso, mas gostaria de fazer isso em breve, preciso encontrar um tempo para estudar o tema. Bom, mesmo sem manipular a água como muitos mestres cervejeiros fazem, decidi criar minha receita para uma cerveja caseira do estilo Ordinary Bitter.

Receita para cerveja artesanal Bitter (20 litros):

3 Kg de malte Pilsner
1 Kg de malte Pale Ale
20 g de lúpulo Northern Brewer (first wort)
1 tablete de Whirlfoc (15 mins)
10 g de lúpulo Northern Brewer (3 mins)
Levedura Wyeast Labs #1318 London Ale III

A mosturação é feita a 65C até o final da conversão dos amidos em açucares e em seguida o mash-out em 76C por 10 minutos.

A gravidade inicial estimada é de 1.040SG e a fermentação feita a 19C. Logo volto com a análise do resultado.

Cheers!

Um abraço,
Cerveja Monstro.

8 pensamentos em “Ordinary Bitter”

  1. Olá, bem legal o blog! Nomes legais para as cervejas!
    Sou iniciante em cerveja artesanal, estou na segunda leva e caçando fontes. Consulto blogs, how to brew, bjcp e um App que me ajuda a bolar as receitas, gostaria de uma indicação para saber que tipo de lúpulos e maltes são mais tradicionais em determinados estilos, as vezes o próprio bjcp ajuda, mas não muito. Valeu!

    1. Oi Juliana,

      Obrigado ( :
      Mesmo depois de várias brassagens eu continuo atrás de boas referências, tenho a sensação de que as dúvidas nunca se esgotam e sempre é preciso ler e se aprofundar um pouco mais sobre algum ponto da nossa boa cerveja artesanal.
      Você tem usado o que eu sempre usei também, bjcp e how to brew são ótimos, qual app você tem usado? Uso o BeerSmith (também uso no desktop) e ele tem descrições dos ingredientes que podem ser úteis na elaboração das receitas.

      Infelizmente o Brasil ainda recebe uma variedade pequena dos maltes disponíveis lá fora, e nem sempre é fácil encontrar o que chega por aqui, portanto eu tenho evitado pirar muito nos maltes e sigo a disponibilidade dos fornecedores, na melhor das hipóteses tento alinhar os maltes utilizados a escola cervejeira do estilo escolhido (por ex. maltes belgas para cervejas belgas) mas nem sempre isso é possível.
      Para lúpulos temos uma variedade maior a disposição e definir os que serão utilizados na cerveja sempre me dá algum trabalho. A BYO tem uma tabela de lúpulos indicados por estilo de cerveja, com possíveis substitutos e outras informações úteis, vale a pena consultar (aqui).

      Boa brassagem e boas cervejas.
      Obrigado pela visita!
      Abraço

    1. Oi Angelo,

      Cara, o estilo comporta 1.032SG a 1.040SG, infelizmente estou sem acesso a minha receita agora, por isso não consigo te passar uma informação mais precisa. Mas estou certo de que o IBU dessa receita esta dentro do range que mencionei acima.

      Abraço

  2. Olá! Sou iniciante nesse mundo magnífico e vou fazer minha segunda brassagem, sendo que na primeira tive acompanhamento de um professor no curso que fiz, ou seja, é minha primeira. hehehe… estou interessado nessa receita porém irei fazer 10 litros. Desculpe mas não sei como converter a receita para outras quantidades, poderia me indicar a receita para 10 litros ou me indicar uma forma de fazer essa alteração? Obrigado!

    1. Oi S.Oliveira,

      Eu sempre dimensiono minhas receitas usando o Beersmith, basta procurar por “scale recipe” e inserir o tamanho de sua leva.
      Para os 10 litros, utilize 2Kg de Pale Ale (só o Pale Ale é suficiente), 15g Northern Brewer no inicio da fervura e mais 15g no fim.

      Boa brassagem cara
      Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *