Um brinde a São Patrício e a todos vocês ( :

St. Patrick's day com cerveja artesanal
St. Patrick’s day com cerveja artesanal

Hoje é dia de São Patrício! dia em que os Irlandeses, e diversas pessoas ao redor do planeta, celebram a chegada de São Patrício, um dos padroeiros da Irlanda (fonte).  O St. Patrick’s day provavelmente será uma das desculpas mais usadas para se abrir uma boa cerveja em plena Segunda-feira, tanto em pubs ou bares quanto em casa mesmo.

Mas temos um outro motivo para brindar hoje, nesse último final de semana nosso blog ultrapassou a marca de 50.000 visitas! Por isso, um agradecimento especial a todos os apaixonados por cervejas que estão aí do outro lado tela. Ficamos muito felizes em saber que a cada dia mais pessoas se interessam por cerveja artesanal e que de alguma forma o cervejamonstro.com contribui um pouquinho com a cultura cervejeira.

Um brinde a São Patrício e a todos vocês!
Cheers! 

Um abraço,
Cerveja Monstro

10 pensamentos em “Um brinde a São Patrício e a todos vocês ( :”

  1. Olá Derso
    Como vai ? O que será que se usa para deixa-la assim verde?????
    Gostaria de saber se vc poderia me dar + 1 conselho seu: Fiz uma 20litros Dark strong fora as composições normais usei e malte 550grs-melonod. + 500grs-aveia + 500grs-Special B e + 3kg de acucar, e usei o 2 fermento S05, ficou com densidade acima 1115 (pois esse era o ultimo traço para eu medir, passou deste 1115 com certeza + não sei 100% qual foi o inical), fermentou quase 25dias e chegou a no final a 1028, deixei ela esfriar a 0graus por 10dias, ela saiu limpida parecia coca cola (acredito que isso foi efeito do fermento)depois engarrafei para ela carbonatar, hoje faz 14dias abri 1 para ver e fiquei frustada, cade a espuma ????? será que 6grs/litro era pouco pela quandidade de alcool????? Usei lupulo progress e o strusselspalt (será que isso afetaria) Eu poderia abrir as garrafass e fazer novamente a carbonatação aumentando a quantidade de acucar? o que fiz de errado ????
    Paula Navas

    1. Oi Paula,
      Já estava me perguntando como estavam suas cervejas. Suas outras brassagens deram certo?
      Tudo bem por aqui, ela ficou verde assim com a ajuda daquelas substancias usadas em confeitaria sabe? pra fazer bolo de criança? uma gotinha no fundo do copo e pronto 😉
      Nossa, suas cervejas tem sempre densidade inicial SUPER altas, não? Acho até que a densidade de sua cerveja é mais alta que a do meu hidromel. Considerando sua OG 1115 e sua FG 1.028 a sua cerveja fica com quase 12% de álcool e levedura não curte muito viver num ambiente assim.
      A ausência de espuma ou baixa retenção da mesma pode ter diferentes origens, a carbonatação é apenas uma delas. Cervejas muito alcoólicas tem menos espuma e esse é exatamente seu caso, certo? Sua cerveja é BEM alcoólica.
      Você precisa observar se mesmo sem espuma existe a presença de gás, se já tiver algum gás você provavelmente estará no caminho certo e é só esperar. Duas semanas pode ter sido pouco tempo para a carbonatação ocorrer, é melhor esperar mais um tempo. Onde estão as garrafas? elas estão na mesma temperatura de fermentação?
      A quantidade de açúcar que você utilizou é adequada, a quantidade lúpulo utilizada e a graduação alcoólica não impactam no açúcar para o priming. Recomendo fortemente que você não adicione mais açúcar a sua cerveja, já é suficiente, garrafas explosivas são perigosas.
      Já tive cervejas, menos alcoólicas, que demoraram quase 4 semanas para carbonatar. Acho que o melhor a fazer é aguardar mais um pouco.

      Aproveite para curtir uma de suas outras levas enquanto aguarda 😉

      Abraço

      1. Oi

        Um pequeno gas tem, eu pensei que todas as carbonatação devem ocorreu em 15dias, as outras 2 anteriores que ficaram com quase 7,8 e 7,4 carbonataram com 12dias, quando eu abri a garrafa fez um pequeno chiadinho, mas só. Neste outros 10litros que preciso engarrafar vc acha que tem algum problema de eu colocar 1gr a + por litro ? A temperatura muito baixa antes da carbonatação (0graus) pode arruinar a espuma ? Coloquei para carbonatar na mesma temperatura da fermentação.

        1. Paula,

          A carbonatação pode variar de leva pra leva, em especial porque nó caseiros não temos os mesmos controles que a industria tem para conseguirmos manter esse tipo de padrão. Lembrando que cerveja mais alcoólicas tem menos espuma.
          Não acho que há problema em você usar 7gr / litro, acredito que trabalhar entre 5,5gr e 7gr é seguro, a questão é que não há motivos para isso, esse 1 grama não fará as coisas acontecerem mais rápido, ele pode deixar sua cerveja mais carbonatada, isso sim, mas você ainda não sabe até onde sua leva já engarrafada irá chegar quanto a carbonatação, por isso muito cuidado ao decidir se adiciona ou não mais açúcar.
          A temperatura mais baixa pré carbonatação não influencia na espuma, as minhas cervejas sempre passam por esse processo de clarificação (baixa temperatura) antes de eu as carbonatar.
          Mantenha as garrafas na temperatura de carbonatação até você achar que elas estão adequadamente carbonatadas. Depois disso pode armazena-las no refrigerador.

          Boa sorte e muito cuidado por ai.
          Abraço

  2. Só engarrafei 10litros os outros 10litros esta ainda na geladeira para engarrafar (que seria hoje, mas depois desta supresa fiquei com orelha pra baixo = toto quando ta triste.

    1. hahaha entendo isso Paula. Acho que quando nos envolvemos demais com algo estamos mais próximos de nos frustarmos, mas pense pelo lado positivo, mesmo que realmente tenha acontecido um problema, você poderá olhar para ele, aprender algo, e pensar em formas para evitar que ele se repita.

      Não desanime, fazer cerveja também é tropeçar uma vez ou outra (e não acredito que seja esse o seu caso).

      abraço

  3. Bom dia!!! Estou começando a fazer minha cerveja a pouco tempo e a pedido de um amigo fizemos uma Imperial Stout. Usei o US-05 e após 10 dias a FG estabilizou em 1.041 (OG 1.115), esta cerveja está maturando a 14 dias, planejo deixá-la maturar por mais uma semana. Ficou com aproximadamente 10% de alcool. Minha pergunta é se ela estacionou neste patamar por que as leveduras morreram todas e eu deveria ter usado uma cepa mais resistente ao alcool. A outra dúvida é se a cerveja carbonatará? Devo colocar uma cepa mais resistente ao alcool para conseguir carbonatar? E qual a quantidade de açúcar que você sugere? Grande abraço e obrigado.
    Marcos Baião.

    1. Bom dia Marcos,

      Começou a pouco tempo e já enfiou o pé na jaca? hahaha brincadeira cara, Imperial Stout é uma delícia, ainda não fizemos uma mas adorariamos fazer 😀
      Cara, sua OG é bem alta e é preciso prover as condições ideais pra fermentar todo esse açúcar, quantos litros você fez? quanto de fermento usou? e qual foi a forma utilizada para oxigenar o mosto?.
      Se você já verificou que a fermentação estabilizou mesmo, você pode inocular mais fermento para tentar atenuar mais um pouco isso ai ou desencanar e seguir para a próxima etapa, geralmente a FG mais alta para as cervejas desse estilo é 1.030SG segundo o BCJP, mas com todo esse álcool, lúpulo e a pegada tostada dos maltes especiais pode ser que essa alta FG não seja um problema, de qualquer forma eu recomendaria um teste para você provar como ficou. Faça o priming em uma ou duas garrafas e veja no que dá.
      Eu geralmente uso 6g por litro para cervejas com um nível normal de carbonatação, exatamente o que faria para essa ai.
      Boa sorte e boa cerveja cara!
      Um abraço

      1. Boa tarde Derso,
        O pé na jaca foi fundo…. Engraçado você não é primeiro que me fala isto….rs
        Colocamos 10L para fermentar com 1 Sache de fermento, oxigenei o mosto sacudindo o fermentador. A fermentação estabilizou e mesmo com outro sache de fermento a a FG não baixou.
        A cerveja maturou por 21 dias e engarrafamos ontem, em uma prova estava muito boa(embora sem gás). A carbonatação que planejei estava em 2,3 volumes de CO2 e seguindo a fórmula, utilizei 4g/L.
        Quando ficar pronta eu retorno aqui para te falar o resultado.

        Forte abraço e obrigado.

        Marcos Baião

        1. Boa tarde Marcos,

          Se já nessa primeira prova ela já está boa, acho que tem tudo para melhorar com a maturação e a refermentação na garrafa. O difícil agora é segurar a ansiedade…rs
          Acho que essa nova leva fermento que você usou não surtiu efeito porque ela encontrou um ambiente desfavorável para ela (elevado teor alcoólico é um dos fatores). Se eu fosse repetir sua receita eu começaria com 2 pacotinhos para esses 10 litros de altíssima densidade inicial.
          Volte para compartilhar seus resultados conosco.

          Até breve!
          Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *