Minha própria cerveja

Garrafas utilizadas para envasar cerveja artesanal
Garrafas utilizadas para envasar cerveja artesanal

No próximo dia 11 de Dezembro completará um ano desde que pela primeira vez tentei misturar malte, lúpulo, água e fermento =) Depois desse tempo aprendendo, errando, estudando, tentando, testando, degustando e fazendo cerveja com minhas próprias mãos, finalmente me considero um “homebrewer” (quem faz a própria cerveja em casa). Aproveitando a data, decidi criar um canto para compartilhar o que tenho aprendido, falar sobre cerveja e melhor responder os amigos que sempre perguntam com um olhar curioso: “Você faz cerveja?”, “como assim?”, “cerveja artesanal?”, “como você faz?”.

Difícil explicar o que me levou ao hobby de cerveja artesanal, pra ser sincero até pouco tempo não sabia que era possível e quando dei por mim já estava estudando os processos de fabricação e a melhor forma de construir e adaptar o equipamento necessário para começar a produzir. Acho que alguns fatores me ajudaram a chegar até aqui: adoro cerveja, gosto de cozinhar, tenho prazer em conhecer coias novas (em especial sabores!), sempre quis criar algo palpável com minhas próprias mãos e a saudade das excelentes cervejas encontradas fora do país.

Existem alguns cursos no Brasil para quem quer aprender a fazer cerveja em casa, mas decidi estudar por conta própria e aprender errando. O primeiro passo foi ler a respeito, o site da acervapaulista está recheado de coisas úteis para iniciantes e foi lá que comecei a coletar informações, em seguida me inscrevi em fóruns e listas de discussão para trocar informações com apaixonados como eu e por ultimo li cuidadosamente o “how to brew” do John Palmer (baita referência no assunto) a primeira edição do livro pode ser lida online aqui (em inglês) e uma tradução colaborativa para o nosso idioma também encontra-se online, aqui. Essa foi a base que me ajudou a começar minhas brassagens, tenho certeza de que ainda há muita coisa para aprender, mas com isso já foi possível fazer ótimas cervejas e se divertir um bocado. E assim, antes mesmo de eu saber nascia a Monstro Cerveja Artesanal 🙂

Um abraço,
Cerveja Monstro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *